RSS
  Whatsapp

Projeto inovador em reunião do Conselho Nacional de Secretários de Saúde

A Sesapi, por meio da Vigilância Sanitária do Estado, já utilizou a metodologia do projeto em 42 municípios do Piauí

O projeto aprovado pela Comissão Intergestora Bipartite (CIB) contou com apoio do COSEMS

 O projeto aprovado pela Comissão Intergestora Bipartite (CIB) contou com apoio do COSEMS

A Diretoria de Vigilância Sanitária do Estado (Divisa) apresentou ao Ministério da Saúde e à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a experiência inovadora da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) do Projeto Integrador na Atenção Primária à Saúde (APS), que aborda temáticas sobre Segurança do Paciente, Prevenção e Controle de Infecção de IRAS e Saúde do Trabalhador. A apresentação foi realizada pela diretora da Divisa, Tatiana Chaves, durante reunião da Comissão Técnica do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) de Qualidade e Segurança do Paciente, que aconteceu nesta terça-feira (18), em Brasília.

A Sesapi, por meio da Vigilância Sanitária do Estado, já utilizou a metodologia do projeto em 42 municípios do Piauí. A articulação das três temáticas visa fortalecer as boas práticas nos serviços de saúde dos municípios, contribuindo para a redução dos eventos adversos causados durante o processo de cuidado ao paciente e aos trabalhadores.

“O projeto aprovado pela Comissão Intergestora Bipartite (CIB) contou com apoio do COSEMS e hoje apresentamos essa experiência inovadora ao Ministério da Saúde e Anvisa, mostrando ser viável a replicação da ação tanto em nível local como também em outros estados”, disse Tatiana Chaves.

Na execução do projeto, a Vigilância Sanitária, em conjunto com técnicos do Grupo Técnico de Monitoramento das ações de Segurança do Paciente, Prevenção e Controle de IRAS e técnicos do Cerest Estadual e Regionais, qualifica os profissionais de saúde, integrando os estabelecimentos de saúde dos municípios, para que as Secretarias Municipais de Saúde possam aderir ao Termo para a implantação dos Núcleos Municipais de Segurança do Paciente, bem como a indicação da Referência Técnica (RT).

“Ficamos encantados com o trabalho do estado do Piauí. Todos ficaram emocionados com a apresentação, mas para mim, além de emocionante, foi motivo de muito orgulho ver a vigilância sanitária do estado realizando um trabalho tão bonito, agregador e de alto impacto no território. Não temos dúvidas que o estado colherá ótimos frutos a partir desse trabalho colaborativo e coloco a nossa equipe da Anvisa à disposição para ajudar o estado no que for necessário para somarmos esforços em busca da melhoria da qualidade e segurança do paciente em serviços de saúde”, elogiou Magda Costa, da Gerência de Vigilância e Monitoramento em Serviços de Saúde da Anvisa.

Divulgação

Mais de